Como preparar o carro para pintura

Como preparar o carro para pintura é um dos aspectos mais importantes da pintura automotiva, mas às vezes acaba sendo uma etapa que não recebe a devida atenção. Uma preparação bem feita evita muitos dos problemas que podem ocorrer no futuro, pois alguns deles acontecem na etapa anterior à pintura e portanto não podem mais ser corrigidos.

Escolha um local adequado para a pintura

O primeiro passo antes de começar a pintura automotiva é escolher um local adequado para fazer o serviço. Se recomenda que o local seja amplo o suficiente para facilitar a circulação e para que se acesse a todas as partes do veículo sem impedimento

É importante também que seja um local ventilado, pois mesmo com a utilização de máscara, as matérias-primas para pintura costumam ser compostas por substâncias tóxicas. Além disso, um local sem a ventilação ideal fará com que as partículas de tinta fiquem  no ar, o que pode prejudicar o acabamento do trabalho. 

Por isso, as cabines de pintura solucionam os principais problemas de pintura. Clique aqui e conheça as melhores soluções e cabines de pintura automotiva

Identificar a área a ser pintada

A primeira etapa da preparação deve ser identificar a área a ser pintada, pois ela vai definir, não só a quantidade de tinta, mas também quais áreas devem ser preservadas. Para uma preparação adequada é necessário “mascarar” a área que não vai receber a tinta com alguma proteção que a impeça de ser contaminada, de preferência de algum material pelo qual a tinta não atravesse, como um plástico grosso por exemplo.

Identificar a cor correta do carro

Para um serviço em uma área isolada é de vital importância saber qual o tom correto da tinta a ser aplicada, já que qualquer diferença na tonalidade fará com que o serviço seja prejudicado. Existem mudanças sutis nas cores que variam de fabricante para fabricante, para saber qual a cor certa é necessário encontrar a placa de identificação de cores para o carro. Essa placa pode ser localizada em diversos lugares, e dependem do modelo do veículo, sendo que alguns dos mais comuns são:

  • Dentro soleira da porta do lado do condutor
  • Na parte inferior do exaustor
  • No chão sob o banco do condutor
  • Dentro do porta-luvas
  • No firewall

Preparar o local com base

Essa é uma fase muito importante e que requer muita técnica e alguns equipamentos. Vai da preferência de cada um qual base usar e existem inúmeros tipos delas no mercado – massa de poliéster, massa plástica ou massa rápida. – e são elas as responsáveis por preencher áreas danificadas que precisam ser pintadas. 

Massa rápida (acrílica): esse material tem um alto poder de preenchimento e é uma ótima opção para  acabamento de áreas com pequenos danos. Não precisa ser catalisada, ou seja, é um material que seca por evaporação e tornando-se assim mais suscetível a danos após o reparo. 

Massa plástica: deve ser usada com o catalisador, e para isso a solução deve ser misturada na proporção correta. Na maioria dos casos pode ser aplicadas na chapa nua e em superfícies devidamente lixadas.

Massa poliéster: também deve ser obrigatoriamente catalisada, mas cujo material traz um composto semelhante ao da própria massa. Dessa forma, torna-se mais fácil utilizá-la, se comparada ao material plástico. 

Fazer o lixamento do local

Após a aplicação, é necessário fazer um lixamento do local com água ou com uma lixadeira, para que não haja nenhuma saliência na estrutura da lataria. Para esta tarefa, recomenda-se o uso de um taco rígido como base à lixa. A melhor maneira de realizá-la é lixar de acordo com o formato da peça, exercendo pressão moderada para não prejudicar a superfície. As lixadeiras elétricas roto orbitais também são alternativas eficazes, dada sua agilidade que otimiza o tempo de trabalho. 

Limpar a área

Após o lixamento é imprescindível limpar a área, já que a poeira que resulta desse processo pode diminuir a qualidade do acabamento. Para isso faça uma limpeza minuciosa da área selecionada antes de aplicar a tinta para que nenhuma partícula acabe prejudicando a qualidade da mesma. Limpe todas as superfícies com cuidado, usando aguarrás ou álcool desnaturado para garantir a ausência de óleos (incluindo óleos do corpo de dedos e mãos) no carro.

Mais artigos

Tipos de Cabine de Pintura
Cabines de Pintura

Tipos de Cabine de Pintura

Quem procura qualidade de acabamento para seu serviço de pintura certamente já ouviu falar nas cabines de pintura. Elas são ideais para garantir a qualidade

Continue Lendo >
ENTRE EM CONTATO
Nos envie uma mensagem e em breve retornaremos.
Ou se preferir, entre em contato diretamente no WhatsApp